El duende

em

Ay como te entiendo yo ahora

que me volví también perra malparida

Así como tu, mi Eillencita;

.

Aunque estés así tan lejos,

Nunca te sentí tan cerca mía.

.

Lloro tu presencia y tu partida

Y tus errantes regresos a mi vida.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s