Madalena

em

Vieste calado,

Sorriso discreto,

Olhares de lado;

Não te percebo

Nem te decifro,

Mas não me devoras.

Pelo contrário:

Me deste um forte abraço,

um beijo no rosto

e um amor sem motivo,

Sem pressa, sem posse

E sem interesse de tornar-se meu.

.

É que tua santidade pertence ao mundo

.

E me dá nostalgia de um futuro

somente nosso, que nunca ocorreu.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s