o buda

em

encontrei brincando entre as árvores
um macaco.
e o macaco era o buda.

agitava os galhos quebrados
e ria. perguntei o porquê.

: Amo um galho que não resiste
ao peso do meu corpo
mal resiste ao peso da própria fruta.
no entanto, amo ter um corpo
amo me pendurar. E a árvore
ama fazer galhos e frutas
Que alimentarão apenas seres como eu:
que como ela, um dia serão novamente
apenas terra.

Rimos juntos
porque olhamos juntos
para esse redemoinho
e amamos o que dentro dele nos é invisível

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s